Guarde-se do ‘evangelho’ pervertido!

Artigo de Alex César - 04 de fevereiro de 2021
916

Em 2019, o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, mencionou que “os regimes totalitários distorceram e sequestraram o sentido original do conceito de nacionalismo”.

Segundo ele, “essa é uma tendência da esquerda: pega uma coisa, perverte e a transforma em uma coisa ruim”.

Ao ler essa informação, pensei no tempo e processo para se perverter uma sociedade. Isso, é claro, não acontece da noite para o dia. É um processo diário e pode durar décadas, séculos.

Quem algum dia imaginou que temas como aborto, droga e homossexualidade tomariam o rumo e a visibilidade de discussão no Congresso Nacional? Tudo é inserido bem devagar, de modo intencional e progressivamente. Fazendo uma visão panorâmica do tempo, podemos constatar o quanto uma diversidade de narrativas pervertidas atuaram através da música, do cinema, do teatro, das novelas, até chegarem ao ponto desejado da inversão dos valores.

Na Bíblia Sagrada, o livro de Isaías mostra que a tentativa de perverter é muito antiga:

Ai dos que chamam ao mal bem e ao bem, mal, que fazem das trevas luz e da luz, trevas, do amargo, doce e do doce, amargo! (Isaias 5:20) 

A igreja do Senhor é quem sustenta os valores de Deus neste mundo, que busca estabelecer a cultura do céu na terra, se mantendo firmada na Palavra de Deus, que é imutável e revelação para o ser humano.

Entretanto, não podemos andar neste mundo revestidos de ‘ingenuidade cristã’, acreditando que nossa atuação é inútil diante de qualquer processo de perversão promovido por pessoas que possuem como único foco a destruição dos valores saudáveis.

Porque no evangelho é revelada a justiça de Deus, uma justiça que do princípio ao fim é pela fé, como está escrito: ‘O justo viverá pela fé’. (Romanos 1:17) 

O Evangelho de Jesus tem sido alvo de perversão, numa tentativa transformar sua verdadeira mensagem em qualquer outra coisa, a fim de que não seja mais “o Poder de Deus para a salvação” (Romanos 1:16). O apóstolo Paulo já havia alertado aos gálatas dessa possibilidade de “perverter o evangelho” — o que já vinha acontecendo desde aquele tempo. Para conseguir atingir o povo de Deus, enfraquecendo sua fé, crença e valores, primeiro é necessário perverter seu ‘manual’ de Fé, que o alimenta no caminho da verdade e da justiça de Deus. Assim, após transformar o conteúdo do evangelho, por meio de uma nova interpretação, ou afirmando que ele é insuficiente, fica bem mais fácil perverter aqueles que pouco ou nada conhecem das verdades bíblicas, levando-os a atitudes e comportamento distantes do planejado por Deus. Vale lembrar que a primeira perversão da mensagem de Deus aconteceu no Éden, quando a serpente perverteu a mensagem e, consequentemente, Eva e Adão se perverteram.

O que ocorre é que algumas pessoas os estão perturbando, querendo perverter o evangelho de Cristo.  Mas ainda que nós ou um anjo dos céus pregue um evangelho diferente daquele que lhes pregamos, que seja amaldiçoado! (Gálatas 1:7-8)

A única forma de nos mantermos firmes na fé genuína é mergulhando no evangelho verdadeiro de Jesus Cristo, compreendendo nosso propósito no mundo e combatendo o bom combate contra quem quiser pervertê-lo.

Estejam sempre preparados para responder a qualquer pessoa que lhes pedir a razão da esperança que há em vocês. (1 Pedro 3:15) 

Ajude a evangelizar o mundo!


916
FONTE: Conexão Politica por Alex César


PRINCIPAIS NOTÍCIAS


1 ano

Iván Duque virá ao Brasil

Conexão Politica
1 ano

O que é a CPI Lava Toga?

Renova Mídia
2 anos

O que é Spoiler?

Renova Mídia
2 anos

O que é Bitcoin?

Renova Mídia

FULNATION - A Verdade é o nosso compromisso! ©