Doria determina retorno a fases mais restritivas em São Paulo

Artigo de Marcos Rocha - 15 de janeiro de 2021
970

O governador paulista, João Doria (PSDB), decidiu antecipar mudanças na classificação do Plano São Paulo, que orienta sobre a flexibilização econômica e de convivência com o vírus chinês.

As alterações estavam previstas para ocorrer somente no dia 5 de fevereiro, mas foram anunciadas nesta sexta-feira (15) pelo Palácio dos Bandeirantes.

Com a antecipação, sete regiões que estavam na Fase 3-amarela do Plano São Paulo passaram para a Fase 2-laranja: Bauru, Franca, Piracicaba, Araçatuba, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e Taubaté. Já a região de Marília saiu da Fase 2-laranja e foi para a Fase 1-vermelha, a mais restritiva do plano.

As medidas valem a partir da próxima segunda-feira (18). Segundo Doria, a reclassificação foi uma medida preventiva necessária.

“A situação vem se agravando a cada semana. Medidas são para evitar a superlotação de hospitais e unidades de terapia intensiva e falta de atendimento necessário para salvar vidas”, declarou o tucano.

O Plano São Paulo é dividido em cinco fases que vão do nível máximo de restrição de atividades não essenciais (Vermelho) a etapas identificadas como controle (Laranja), flexibilização (Amarelo), abertura parcial (Verde) e normal controlado (Azul). O plano divide o estado em 17 regiões e cada uma delas é classificada em uma fase do plano, dependendo de fatores como a capacidade do sistema de saúde e a evolução da epidemia, segundo informações da Agência Brasil.


970
FONTE: Conexão Politica por Marcos Rocha


PRINCIPAIS NOTÍCIAS


2 meses

Paulo Guedes quebrou o silêncio

Conexão Politica
2 anos

Homofóbico, eu?

Conexão Politica

FULNATION - A Verdade é o nosso compromisso! ©