CEO do Twitter diz que banir Trump foi ‘decisão correta’

Artigo de Marcos Rocha - 14 de janeiro de 2021
968

Nesta última quarta-feira (13), o CEO e presidente-executivo da plataforma Twitter, Jack Dorsey, afirmou por meio da própria rede social que defende o bloqueio permanente da conta do presidente Donald Trump.

Dorsey disse não celebrar ou sentir orgulho da medida restritiva à liberdade de expressão do mandatário americano, mas acredita que essa tenha sido ‘a decisão correta’.

Próximo ao número de 90 milhões de seguidores, o perfil do homem considerado o mais poderoso do mundo foi banido sob a alegação de que suas publicações incitavam a violência e a desordem.

Apesar de se posicionar favorável ao banimento, Dorsey reconheceu que a atitude pode gerar um ‘precedente perigoso’.

“Ter que tomar essas ações fragmenta a conversa pública”, escreveu. “Elas nos dividem. Limitam o potencial de esclarecimento, redenção e aprendizado. E abrem um precedente que eu sinto que é perigoso: o poder que um indivíduo ou corporação tem sobre uma parte da conversa pública global”, acrescentou.

Outras mídias sociais e plataformas, como o Facebook e o YouTube, também impuseram limitações e bloqueios aos acessos de Donald Trump, que entrega o cargo para Joe Biden na próxima quarta-feira (20).


968
FONTE: Conexão Politica por Marcos Rocha


PRINCIPAIS NOTÍCIAS


1 mês

O direito ao feminino

Conexão Politica
2 meses

Trump ainda pode vencer?

Conexão Politica
10 meses

O coronavírus e o fim do globalismo

Conexão Politica
1 ano

A hipocrisia do MBL

Conexão Politica
1 ano

O que é a CPI Lava Toga?

Renova Mídia
1 ano

O que é Spoiler?

Renova Mídia
2 anos

Bird Box

Conexão Politica

FULNATION - A Verdade é o nosso compromisso! ©