Bolsonaro quer abrir a caixa-preta do PSL

Artigo de Tarciso Morais - 13 de outubro de 2019
1.0K

“Não estou atrás de fundo partidário. Fiz minha campanha com R$ 2 milhões da vaquinha virtual”, afirmou Bolsonaro. 

O presidente da República, Jair Bolsonaro, pediu mais transparência no Partido Social Liberal (PSL) e que o partido deve abrir o que chamou de “caixa-preta”.

Na última sexta-feira (11), Bolsonaro e mais 21 parlamentares pediram formalmente acesso às contas do PSL para fazer uma auditoria. 

Em resposta, a cúpula da legenda decidiu solicitar uma análise das contas da campanha do presidente na eleição do ano passado.

Em visita a São Paulo, neste sábado (12), Bolsonaro declarou:

“Não estou atrás de fundo partidário. Fiz minha campanha com R$ 2 milhões da vaquinha virtual. O partido ganha R$ 8 milhões por mês. É dinheiro público, e todo mundo tem que saber o que é feito com esse dinheiro. É uma caixa-preta que tem que ser aberta pelo PSL.”

E, segundo o portal G1, acrescentou:

“Nós queremos é transparência. Não quero que apareçam problemas no partido e que, apesar de não fazer parte da executiva, eu venha a ser responsabilizado, como maldosamente têm me responsabilizado pelo que acontece ou aconteceu em qualquer parte do Brasil envolvendo o PSL.”

Questionado por jornalistas sobre a possibilidade de deixar o partido, o chefe do Executivo foi enfático:

“Lógico que existe, não vou negar. Nós queremos ver se há uma maneira de compor, o que é muito difícil, porque a executiva no meu entender tem que abrir, tem que ser democrática.”


1.0K
FONTE: Renova Mídia por Tarciso Morais


PRINCIPAIS NOTÍCIAS


2 anos

Censura nas redes sociais

Conexão Politica

FULNATION - A Verdade é o nosso compromisso! ©