Biden autoriza transações para operar com portos e aeroportos venezuelanos

Artigo de Thaís Garcia - 03 de fevereiro de 2021
909

O Governo Biden autorizou nesta terça-feira (2) algumas transações com a ditadura socialista venezuelana de Maduro para operar com portos e aeroportos daquele país, marcando uma mudança de política do governo de Joe Biden em relação ao de seu antecessor Donald Trump.

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos emitiu a licença 30A, que permite tratar com o Instituto Nacional de Espaços Aquáticos (INEA) da Venezuela, ou qualquer entidade de sua propriedade, para viabilizar operações portuárias e aeroportuárias ordinárias, o que foi proibido em agosto de 2019 pelo Governo Trump.

A nova licença, entretanto, não autoriza qualquer transação ou atividade relacionada à exportação ou reexportação de diluentes, chave para a Venezuela processar seu petróleo pesado, bem como qualquer transação com pessoas ou entidades sujeitas a sanções do governo americano.

Esta é a primeira medida de Biden a respeito do regime de sanções impostas contra Caracas por Trump, para pressionar a saída do poder do ditador Nicolás Maduro, cujo governo não é reconhecido por Washington em decorrência de eleições fraudulentas.

Maduro, que rompeu relações com os EUA há dois anos, afirmou que espera ter canais “decentes” de diálogo com Biden.


909
FONTE: Conexão Politica por Thaís Garcia


PRINCIPAIS NOTÍCIAS


FULNATION - A Verdade é o nosso compromisso! ©